RITUAIS E DECORAÇÃO JAPONESA PARA INICAIAR O ANO NOVO

No Japão como no Brasil existem vários jeito de receber o ano com rituais e celebrações próprios.

 Oshougatsu ( Ano Novo Japones ) possuem basicamente três objetivos: purificação, prosperidade e boa-sorte.

O Kadomatsu é uma decoração feita com três caules de bambu cortados diagonalmente e ramos de pinha amarrados com shimenawa. Significa, literalmente, “portão de pinheiros”, pois também é colocado na entrada das casas, um de cada lado do portão após o natal e é retirado no dia 7 de janeiro. Antigamente, antes da adoção do calendário gregoriano, a decoração costumava ficar até o dia 15 de janeiro, época em que geralmente se dá o ano novo no calendário luni-solar (final de janeiro, início de fevereiro). O bambu representa força e crescimento, enquanto os ramos de pinha simbolizam vida longa.O Kadomatsu, muito além de uma mera peça decorativa, é considerado a “morada” do Toshigami, um meio intermediário no qual o kami (DEUS) manifesta a sua presença. E o Toshigami (literalmente, o kami do ano). Por isso, é realizada a purificação da residência com a faxina de dezembro e são colocados vários enfeites pela casa e no kamidana (o altar xintoísta), junto com o shide (os papéis brancos dobrados) e a shimenawa (a corda de palha),  para atrair prosperidade e boa sorte, a entrar e a permanecer ali durante o ano inteiro.

E na noite do dia 31 de dezembro se serve o Daifuku, bolinho de mochi recheado com ankô (pasta de feijão azuki). Daifuku significa “grande sorte”. Dá-lo de presente e comê-lo na noite do Oshougatsu representa toda a boa sorte e prosperidade que se deseja para o ano que está chegando.

Também o Kagami mochi 「鏡餅」 por sua vez, é uma decoração feita com mochi, significa “espelho de mochi”, representam o ano que se passou e o ano que está por vir. Já a daidai, a continuidade da família. E sempre presentes em todos os festivais japoneses ele é feito com dois bolinhos de tamanhos diferentes; o menor é posto em cima, e o maior, embaixo. Uma daidai, uma fruta semelhante a uma laranja, é colocada sobre o conjunto para finalizar.

E o  Joya no Kane é um outro ritual budista que ocorre no dia 31 de dezembro,  antes da meia noite. As pessoas se reúnem no templo para tocar o sino 108 vezes: 107 vezes no dia 31, e a última badalada no dia 1 de janeiro. De acordo com os ensinamentos budistas, 108 é o número das paixões e dos desejos que impedem o ser humano de ultrapassar o samsara, o ciclo de morte e renascimento. As 108 badaladas do sino representam a purificação desses desejos.

 明けましておめでとうございます

Feliz Ano Novo

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s