Japão ainda pode decidir fechar todas as suas usinas nucleares e as vitimas de Fukushima começam a pedir indenizações.

O ex primeiro Ministro Naoto kan concluiu em março após a catástrofe que a geração de energia nuclear não valia mais o risco .No entanto seu sucessor  Yoshihiko Noda  tem se mostrado bastante inclinado a dar continuidade a campanha mesmo que silenciosa a principio, a favor da geração da energia nuclear. O governo japonês deixou especialistas debaterem sobre a política  energética no Japão. A preocupação publica é com a segurança, depois do acidente de Fukushima, que fez com que 80 mil pessoas tivessem que deixar suas casas e ainda temendo pelo abastecimento de água e alimentos.

Em julho 70 por cento dos eleitores entrevistados apoiaram o pedido de Kan em eliminar as usinas nucleares. E  uma serie de escândalos sobre a empresa tentar influenciar audiências sobre reatores prejudicaram a confiança do publico. E o atual primeiro ministro Noda reconhece que as preocupações de segurança publica vão dificultar a construção de novos reatores.

Enquanto isso as vitima da crise de Fukushima começam a pedir indenizações. O primeiro Ministro Noda disse que cerca de 100 advogados serão enviados a moradias provisórias para ajudar as vitimas com os tramites dos processos de indenizações.

A Tepco, operadora da usina  Fukushima Daiichi , que foi destruída pelo terremoto e tsunami de março. Já começou a aceitar no mês passado os pedidos de indenização. Mas e procedimentos complexos demais, pois são muitos formulários que requer leitura de manual de instruções, que dificultam bastante tendo em vista que entre moradores, muitos fazendeiros e pescadores gente simples que também terão que ser indenizados, por perdas, prejuízos sofridos e estresse psicológicos, custos de transportes e alojamento e qualquer custos adicionais, decorrentes do desastre Nuclear.

Fonte : http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s